Com um dos melhores astrais do Canadá, Whistler possui uma energia outdoor contagiante. Estações de esqui, tirolesa, caiaque, rafting, mountain bike, cachoeiras e trilhas são só algumas das atividades que a cidade oferece.

Whistler é uma cidade que precisa estar no roteiro de quem visita Vancouver. Com uma energia jovem, outdoor e contagiante, a pequena cidade abriga inúmeras atividades e possibilidades de passeios ao ar livre, muito contato com a natureza e um centrinho cheio de charme alpino. No inverno, atrai turistas e moradores de todo o Canadá, já que tem as melhores pistas de esqui e snowboard da Columbia Britânica. No verão, é a capital do Mountain Bike, trilhas, expedições e, mesmo com o calor, costuma ter neve nos picos das montanhas e atrair esquiadores fora de hora.

A viagem de 1h30 de ida para a cidade é um espetáculo por ela mesma. Alugar um carro e dirigir pela Sea To Sky Highway, uma das estradas mais bonitas do mundo, é uma experiência que merece ser vivida vagarosamente. Existem diversas paradas no meio da rodovia que vale estacionar o carro e se deslumbrar com as belezas locais.

 

Onde parar na Sea to Sky Highway:

Pare na estrada para ver as cachoeiras Brandywine e Shannon Falls.

A primeira parada é a Shannon Falls, que pode ser avistada logo da estrada antes de chegar na cidade de Squamish. De lá, são 5 minutos de caminhada para admirar a queda. O parque também possui diversas trilhas para todos os níveis, com um dos visuais mais bonitos da estrada ao longo da caminhada. Já a Brandywine Falls fica a 30 minutos mais para a frente de carro na Sea to Sky. É preciso estacionar o carro e andar 15 minutos pelo parque para se deparar com tamanha beleza.

O que fazer em Whistler

Brandywine Falls

Suba na Sea to Sky Gondola

A Sea to Sky Gondola pode passar desapercebida para quem passa rápido na rodovia. Porém, é uma das paradas mais indispensáveis da viagem. Em cima da montanha, fica um lodge com restaurante, uma ponte suspensa e diversos mirantes com vistas panorâmicas da região. É possível subir pela gôndola (C$ 42,00 adulto) ou fazer as trilhas que levam ao lounge. 

Vista do cume da Sea to Sky Gondola. Foto: Virginia Falanghe

O que fazer em Whistler:

Faça tirolesa em meio as montanhas nevadas com a Superfly Zipline

Começar o dia sentindo a adrenalina de diversas tirolesas entre um dos visuais mais espetaculares do mundo não tem preço. A SuperFly Zipline possui tirolesas diferentes que descem um vale rodeado por picos nevados. Os visitantes descem quatro tirolesas: a mais alta, a mais rápida, a mais longa e para encerrar, a mais romântica. O passeio tem a duração de uma manhã e custa cerca de C$ 99 por pessoa e vale cada centavo.

Tirolesa em Whistler. Foto: Virginia Falanghe

Suba os mais de 2.000 metros da Blackcomb Mountain na Peak 2 Peak Gôndola

Um dos passeios mais surpreendentes para quem vai para Whistler e subir a gôndola Peak 2 Peak. Ela vai a mais de 2.000 metros até o cume da Blackcomb Mountain. Pode ser alto verão lá embaixo na cidade, mas ao chegar no cume os picos continuam nevados e ainda há pessoas praticando esqui por lá. O visual, então, é coisa de outro mundo. Pessoalmente, foi o meu passeio preferido da viagem. O passeio no total dura em torno de 3 a 4 horas e custa a partir de C$ 53 por pessoa.

Blackcomb Mountain em Whistler. É possível subir através da Peak 2 Peak Gondola. Foto: Virginia Falanghe

Blackcomb Mountain em Whistler. É possível subir através da Peak 2 Peak Gondola. Foto: Virginia Falanghe

Faça uma trilha no Joffre Lakes

Entre as maravilhas naturais que você precisa fazer quando estiver em Vancouver é a trilha para o Joffre Lakes. O parque fica a 1 hora de carro para o norte de Whistler e abriga 3 lagos cristalinos. Para conhecer os três lagos, é preciso se preparar para uma boa trilha com cerca de 6 horas de duração (ida e volta).

lagos no canadá Foto: Brian Baldrati

Middle Lake, Joffre Lakes Provincial Park. Foto: Brian Baldrati

Não perca a quarta-feira das Wings no El Furniture Warehouse

É muito gostoso sair para jantar em Whistler e passear pela charmosa cidade com um clima super alpino. Uma das grandes descobertas foi o El Furniture Warehouse, que tem pratos que custam cerca de C$ 5 dólares e excelentes drinks. Nas quartas-feiras, as asas de frango saem a partir de $ 33 centavos cada.

Onde se hospedar na cidade:

Fique pertinho das pistas de esqui no Coast Blackcomb Resort

Se tem uma coisa que vale muito a pena no inverno é ficar em um hotel que você sai do seu quarto e já está em uma pista de esqui. O Coast Blackcomb Resort é um deles. Além disso, os quartos do hotel possuem cozinha, terraço e sala, tornando ele perfeito para famílias e casais que querem economizar e cozinhar em casa. Ele fica a 5 minutos do centro da cidade e possui translado de graça para lá.

E você? Já sabe o que fazer em Whistler? Comente aqui!