Em abril de 2017, o Brasil adotou novas regras para a vacina da febre amarela. Como isso afeta os viajantes? Agora, só é preciso tomar uma única dose da vacina. Confira todos os detalhes.

 

O ministério da Saúde decidiu seguir a recomendação da Organização Mundial de Saúde sobre as doses necessárias da vacina da febre amarela. A partir de Abril de 2017, o Brasil não vai mais aplicar duas doses da vacina da febre amarela. Agora, só é necessário tomar uma dose – para se prevenir do surto da doença. Além disso, é  exigência necessária para a entrada em mais de 150 países. 

A Organização Mundial da Saúde recomenda desde 2013 que uma única dose da vacina já é o suficiente para prevenir a doença. Desde então, a maioria dos países seguiram a orientação da OMS e não exigem mais a segunda dose da vacina para os cidadãos. Porém, o Brasil  – por ser um dos grandes produtores mundiais da vacina – continuava com as duas doses. Até março deste ano, era necessário tomar a segunda dose 10 anos depois da primeira.

Nos últimos meses, o Brasil enfrenta um surto da doença em alguns estados e diversos hospitais ficaram sem a vacina. Segundo o ministério da Saúde, a decisão de revogar a necessidade da segunda dose não está relacionada com o aumento da procura – e ainda afirmou que não há a escassez de vacinas. Porém, o governo decidiu retirar a necessidade da segunda dose da vacina para toda a população e também para viagens internacionais.

Nova Regra da Vacina contra Febre Amarela para Viajantes | Blog Mochilando

Fonte: ANVISA

Mas afinal, para os viajantes ainda ficam dúvidas sobre como funcionam as novas regras da aplicação da vacina da febre amarela. Confira as perguntas e respostas:

A nova regra da vacina da febre amarela é valida apenas para quem vai tomar a vacina daqui pra frente? Se eu já tomei a vacina da febre amarela, não preciso mais tomar outra dose?

Não. A nova regra se aplica a todos que já tomaram a vacina da febre amarela ou ainda não tomaram. Se você já tomou a primeira dose, não precisará mais tomar a segunda dose. A primeira já é válida para sempre. Se você ainda não tomou, precisará tomar apenas uma dose contra o vírus.

Mas e se eu chegar em outro país com o certificado da febre amarela vencido?

O governo brasileiro afirma que com a nova regra da vacina da febre amarela, mesmo quem tem o certificado internacional de vacinação antigo, com data de validade, não enfrentará problemas. Este certificado será aceito em todos os países daqui pra frente, mesmo vencido.

Quais são os países que exigem a vacina contra a febre amarela?

Com o surto da febre amarela no Brasil, novos países começaram a exigir a vacinação de brasileiros contra a doença. São 153 países que exigem o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia da febre amarela. Para checar a lista atualizada, é preciso fazer um pré-cadastro no site da ANVISA e checar se o país que você vai visitar esta entre os que exigem a vacina.

Se eu nunca tomei, onde posso tomar a única dose e tirar o certificado internacional?

Antes de mais nada, é preciso realizar um pré-cadastro no site da ANVISA  necessário para a emissão do Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP). Depois, é importante saber que é preciso tomar a vacina da febre amarela pelo menos 10 dias antes da viagem.

Em São Paulo, os hospitais que dão a única dose da febre amarela de graça e emitem o CIVP na hora são: Hospital Emílio Ribas e o Hospital das Clínicas.

Você pode checar todos os postos que dão a dose única da vacina da febre amarela e o certificado internacional em todo o Brasil clicando aqui.

No dia da vacinação, a recomendação é chegar com antecedência, apresentar um documento com foto e carteira de vacinação.

E agora? Você ainda tem dúvidas sobre a nova regra da vacina da febre amarela para viajantes? Comente aqui!

Planeje sua viagem:

Reserve sua hospedagem pelo mundo no Booking.com

Garanta seu Seguro Viagem com desconto pela Mondial Travel