A 3 horas de voo de Miami, o arquipélago das Ilhas Virgens Americanas é um paraíso ainda desconhecido entre as ilhas do Caribe: com natureza exuberante e cheia de tesouros a serem descobertos. 

Até pouco tempo reconhecido como um reduto de milionários ou uma parada de um dia entre grandes navios de cruzeiros, o arquipélago das Ilhas Virgens vem ganhando um novo cenário. Novos hotéis inauguraram com preços mais acessíveis, assim como veleiros de charters que oferecem uma atmosfera de luxo despretensioso aos visitantes.

As Ilhas Virgens Americanas acabam sendo subestimadas pela proximidade com as Ilhas Virgens Britânicas e Porto Rico, virando apenas ponto de passagem de muitos turistas. Porém, vale parar e explorá-las ao máximo também. Território americano, famoso por seseu comércio livre de impostos, pelo mergulho, snorkeling, trilhas bem sinalizadas e praias paradisíacas.

As três principais ilhas são St. Thomas, St. John e St. Croix. A primeira é a mais conhecida, parada de diversos navios de cruzeiros que saem da Miami pelo Caribe. Paraíso fiscal, é um excelente lugar para compras de eletrônicos, relógios e jóias. Logo em frente, a poucos minutos de navegação, fica a ilha de St. John, um grande parque nacional e oásis de praias de areia branca e água cristalina. Para chegar em St. Croix, é preciso pegar um voo de curta duração em um hidroavião, e a ilha oferece ainda mais exclusividade e praias inexploradas.

Ilhas do Caribe que vale a pena conhecer: Descubra as U.S. Virgin Island:

Fizemos uma viagem de duas semanas em um catamaran a vela com tripulação brasileira, o Ocean Eyes, pelas Ilhas Virgens Americanas. Começamos a viagem em St. Thomas, exploramos ao máximo St. John e, pela distância (30 milhas de mar aberto) e falta de tempo, ficamos apenas na vontade de conhecer St. Croix. Indicamos a viagem para casais, grupos de amigos e famílias que adoram o mar, mergulho e ótimos dias explorando novos lugares e relaxando entre uma praia mais paradisíaca que a outra, em um pacote de viagem all-inclusive.

Ilhas do Caribe: conheça as U.S Virgin Island

Vista da Trilha até Salomon Bay

Melhor época

A melhor época para visitar as Ilhas Virgens é entre os meses de novembro a julho, quando a temperatura é amenizada pelos ventos alísios constantes e as chuvas mais escassas. Nos outros meses do ano, é temporada de furacão e é melhor não marcar nenhuma viagem para lá (apesar das companhias aéreas e alguns hotéis insistirem nas promoções nesta época).

Confira o nosso roteiro e o que conhecer em cada uma das ilhas:

St. Thomas

Charlotte Amalie

Charlotte Amalie é o principal ponto comercial de St. Thomas. As lojas e compras são a maior atração por lá, pelos bons preços e isenção fiscal. A dica é barganhar quando for comprar eletrônicos. Ali perto, fica o porto onde desembarcam os navios de cruzeiro, com direito a um shopping a céu aberto com lojas de luxo, diversos restaurantes e bares como o Sr. Frogs e o Fat Turtle.

St. John

Durante séculos as Ilhas Virgens Americanas pertenceram a Dinamarca. Em 1917, durante a Primeira Guerra Mundial, o governo dos Estados Unidos comprou as ilhas por razões estratégicas. Anos mais tarde, investidores americanos entraram na ilha para transformar as antigas fazendas de açúcar em casas de veraneio e hotéis. O principal deles, Laurance Rockefeller, se tornou proprietáerio da ilha de St. John. Ele foi o responsável por  reflorestar grande parte da ilha e começar a vendê-la como destino turístico. Na década de 50, o milionário americano concedeu parte de suas terras ao governo, com as condições delas serem protegidas por um Parque Nacional. Quem vai à St. John percebe toda a conservação ao seu redor, com apenas 25% da ilha destinado a construção e hotéis.

Great St.James.

Great St. James é uma pequena ilha ao lado de St. John. É uma ótima parada para ficar se você estiver fazendo um charter ou procura uma day-trip. O snorkeling por lá é sensacional, com garantia de que você vai ver diversas arraias, tartarugas e quem sabe até uma arraia-chita? Além disso, é um excelente ponto para mergulhadores que gostam de um mergulho noturno.

 

Cruz Bay

Cruz Bay, em St. John, é a principal cidade da ilha. O centro comercial é uma graça e vale a pena passear por lá, seja para conhecer as charmosas lojinhas que compõe o cenário, tomar um sorvete na praça principal ou jantar em um dos ótimos restaurantes a beira mar.

Trilha Visitor’s Center até Salomon Bay

De Cruz Bay saem diversas trilhas para as praias de St.John. Uma que vale a pena fazer é a que sai do Visitor’s Center até a praia de Salomon Bay. Além da vista para Cruz Bay no meio do caminho, é possível continuar a trilha para outras diversas praias pelo caminho. Leve comidas e lanches para fazer um picnic por lá e não se espante com os bichinhos “furões”e veadinhos que cruzam o caminho.

Annaberg Mill (Engenho de Açúcar)

Um dos pontos históricos principais de St. John é o Annaberg Mill, um engenho de Açúcar construído em 1780, quando havia mais de 25 plantações de cana na ilha. A entrada é franca. A visita também vale a pena pela vista incrível para as baías e ilhas da região.

Murphy Great House

Outra ruína escondida em St. John é a Murphy Great House. É preciso fazer uma pequena trilha para chegar por lá. Visitá-la para apreciar o entardecer é a melhor pedida!

Trilha para os Petrogrífos e Reef Bay Factory

Uma das trilhas mais legais de se fazer em St. John é a que leva ao lago dos Petrogrífos, com escrituras dos antigos nativos da ilha nas pedras que refletem na água, e depois para a Reef Bay Factory (onde funcionava outro engenho de açúcar). A trilha dura em torno de duas horas de caminhada no total partindo de Lameshur Bay no lado sul da ilha. Além disso, vale a pena conhecer a praia de Reef Bay e suas águas cristalinas.

Mergulhos e Naufrágios

O mergulho nas Ilhas Virgens Americanas é um espetáculo. Naufrágios, vida marinha abundante, visibilidade excelente e uma profundidade média de 15m fazem deste um dos lugares “must” para quem adora ficar embaixo d’água. Além disso, o local possui diversas opções de mergulhos para todos os níveis – do iniciante ao avançado.  Tarpões, tubarões, tartarugas, arraias e naufrágios, são só algumas das atrações que são garantidas por lá.

Quem leva:

A agência Azul Profundo consegue tarifas promocionais e ótimos descontos para as Ilhas Virgens Americanas. Vale entrar em contato.

Já sabe qual das Ilhas do Caribe você vai conhecer? Comente aqui!