O Epcot foi o segundo parque a ser inaugurado, em 1982, no complexo Walt Disney World em Orlando. O nome Epcot vem de Experimental Prototype Community of Tomorrow, ou Protótipo Experimental da Comunidade do Amanhã, em tradução livre, uma cidade futurística utópica, imaginada por Walt Disney, mas que não pode ser realizada devido sua morte anos antes da inauguração do Magic Kingdom.

Leia Mais:

Guia Universal Studios Orlando: O que você não pode perder por lá!

Dicas para os Parques da Universal na Disney

O parque é uma mistura de inovação tecnológica e cultura internacional, e é considerado um parque mais “adulto”, mas sem perder o encanto e a magia Disney. É o lar também de uma das melhores atrações (se não for A melhor) de toda a cidade, o Soarin’.

Nesse post vou listar as atrações do parque e dar dicas de cada uma para aproveitar melhor seu dia por lá.

Roteiro e Guia do Epcot

Quando o parque estava sendo idealizado, não houve um consenso sobre o qual seria sua “temática” principal e as opiniões se dividiam entre um parque com os mais diversos tipos de avanços tecnológicos ou uma espécie de feira internacional, trazendo um pouco de cultura de diversos países em um só lugar.

Então por que não juntar os dois, certo? Assim nasceu o Epcot, dividido em duas áreas, o Future World e o World Showcase.

Vamos ver as atrações de cada área:

1 – Future World

Essa área é dividida em oito pavilhões, com atrações para todas as idades. Vamos às dicas de cada um:

– Spaceship Earth

Um passeio por dentro da bola do Epcot, símbolo do parque, que conta a história da comunicação desde os primórdios da humanidade até o surgimento dos computadores. Não costuma ter filas demoradas e vale o passeio.

guia dos parques disney epcot

Flickr: Benjamin Esham

– Universe of Energy

Dentro do pavilhão está a atração Ellen’s Energy Adventure. Essa é uma atração que dá para dispensar sem problemas, principalmente para quem não entende inglês. Com duração de 45 minutos narrados pela Ellen Degeneres numa viagem pelo tempo e o subconsciente da apresentadora. É uma atração um pouco desatualizada e não tem muita graça.

guia dos parques disney epcot

Flickr: Michael Gray

– Mission: SPACE

Essa atração simula o lançamento de um foguete espacial com destino a Marte e tem dois níveis: o verde, recomendado para todo o público; e laranja, apenas para os mais fortes e que não tenham problemas com enjoos, já que simula força G (Um G é a aceleração da gravidade da Terra – se ela for multiplicada pela massa de uma pessoa é possível determinar o quanto essa pessoa pesa. A 5 G, um piloto de caça experimenta uma força igual a 5x o seu peso.) mas fique tranquilo porque lá não chega nem perto disso. Recomendo!! Principalmente porque sou piloto de helicóptero e adoro acelerar!!!

guia dos parques disney epcot

Flickr: Thomas Duesing

guia dos parques disney epcot

Interior do Mission: Space / Flickr: Josh Hallett

– Test Track

Uma das melhores atrações do parque, com simulador de um carro de teste, em alta velocidade. Recomendo, porém vale a pena agendar fastpass+ para essa atração.

guia dos parques disney epcot

Entrada do Fast Track / Flickr: Josh Hallett

– Innoventions East & West

Nesses dois pavilhões localizados no centro do Future World estão jogos interativos e exposições, é possível criar sua própria montanha-russa e experimentar refrigerantes da Coca-Cola do mundo inteiro, de graça!

guia dos parques disney epcot

Flickr: Michael Gray

– The Seas

Dentro desse pavilhão há um imenso aquário, com duas atrações principais: The Seas with Nemo & Friends, indicado para crianças menores ou para adultos passarem o tempo entre uma atração e outra e Turtle Talk with Crush, um show interativo com personagens do filme Procurando Dory, recomendado só para crianças que saibam inglês. Além das atrações, o pavilhão também tem um restaurante.

guia dos parques disney epcot

Aquário gigante no The Seas / Flickr: Daniel Leithinger

– The Land

É aqui que está uma das melhores atrações (se não for A melhor) de todos os parques de Orlando. Soarin’ Around the World é um simulador de voo de asa delta por diversas partes do mundo. Essa atração foi recentemente atualizada, antes era um passeio pela Califórnia. Agende fastpass+ para essa atração cujas filas podem chegar a 4 horas na alta temporada.

Além dessa atração, o pavilhão conta com outras duas: Living with the Land, um passeio de barco para conhecer um pouco do projeto de ecologia e agricultura do parque. Não costuma ter filas e pode ser uma opção para passar o tempo. A outra atração é o Circle of Life: An Enviromental Fable, um filme de 12 minutos de uma nova versão de O Rei Leão, narrado por Timão e Pumba. É dispensável, especialmente para quem não entende inglês.

guia dos parques disney epcot

Flickr: CL Photographs

guia dos parques disney epcot

Interior do The Land / Flickr: Josh Hallett

– Imagination!

Esse pavilhão também está bem desatualizado e tem uma atração daquelas que a música gruda na cabeça a ponto de irritar, o Journey into Imagination with Figment, mas pode ser uma opção para quem está com crianças pequenas.

guia dos parques disney epcot

Flickr: CL Photographs

2 – World Showcase

Essa área do Epcot abre normalmente duas horas depois que o Future World e é composta de 11 pavilhões, cada um representando um país do mundo e trazendo um pouco de suas respectivas culturas, culinária, arquitetura, lojas com produtos típicos, atrações e muito mais.

É também nessa área que acontece todos os dias o show de encerramento com fogos, Illuminations: Reflections of Earth. Não deixe de assistir! Os melhores pontos para assistir são entre o México e a Noruega ou entre Reino Unido e Canadá.

Vamos conhecer um pouco de cada um:

– México

O pavilhão mexicano conta com 3 restaurantes, um empório de tequila, lojas de produtos típicos e uma atração chamada Gran Fiesta Tour Starring The Three Caballeros, um passeio de barco semelhante ao Pirates of the Carribean, no Magic Kingdom, pelas paisagens do México, com a participação do brasileiríssimo Zé Carioca.

– Noruega

O pavilhão da Noruega inaugurou em 2016 uma nova atração chamada Frozen Ever After e já é uma das mais populares e disputadas de todo o complexo de parques em Orlando. Recomendo agendar fastpass+ para essa atração com a maior antecedência possível se estiver com crianças ou for fã das personagens Elsa e Anna. Além dessa atração, também é possível agendar refeição com as princesas da Disney no restaurante Akershus.

– China

A atração principal do pavilhão chinês é o Reflections of China, um filme em 360 graus, com duração de 14 minutos. É uma atração dispensável. Além dele, o pavilhão segue o mesmo parâmetro dos outros: restaurantes, lojas de souvenires, e arquitetura típica chinesa.

– Alemanha

A Alemanha não tem nenhuma atração específica, mas tem dois restaurantes de comida alemã e muita, muita cerveja.

guia dos parques disney epcot

Pavilhão da Alemanha / Flickr: Darcy

– Itália

Assim como a vizinha Alemanha, o pavilhão da Itália não tem atrações, mas tem três restaurantes de comida típica.

– Estados Unidos

Na ponta oposta à entrada do Epcot está o pavilhão dos Estados Unidos. Sua atração, The American Adventure, é um filme de 30 minutos sobre a história americana. Não é realmente interessante, pode passar direto. Vale pela arquitetura colonial americana.

– Japão

É no pavilhão japonês que está um dos melhores restaurantes do parque, o Teppan Edo, onde os chefs preparam a comida na hora usando chapas, em frente aos clientes. Recomendamos reserva antecipada por ser bem concorrido.

– Marrocos

O pavilhão do Marrocos não tem nenhuma atração, mas a arquitetura te leva para as ruas de Marrakesh. O principal restaurante tem comida típica e show de dança do ventre ao vivo.

guia dos parques disney epcot

Restaurante de Marrakesh / Flickr: Sam Howzit

– França

Impressions de France é a atração do pavilhão, um filme de 20 minutos sobre as paisagens francesas. Não recomendo.

– Reino Unido

Para quem gosta de Fish ‘n’ Chips, faça uma parada por aqui. Confira as lojas com produtos britânicos.

– Canadá

Na outra ponta do World Showcase, e uma das melhores vistas para o show de encerramento, está o Canadá e sua atração principal, O Canada!, um filme em 360 graus sobre o que há de melhor no país e dura cerca de 14 minutos. Não é uma atração essencial a menos que se interesse muito pelo país.

O Epcot também tem dois eventos anuais que vale a pena conferir: o International Flower and Garden Festival, entre março e maio, para celebrar a primavera com esculturas de vários personagens da Disney feitos de arbustos e flores; e o International Food & Wine Festival, entre setembro e novembro, um festival de comidas e bebidas de países do mundo inteiro, muito além dos que estão representados nos pavilhões.

Espero que esse Guia dos parques Disney – Epcot possa ajudá-los na hora de planejar sua viagem e seu dia no parque, evitando muitas filas e aproveitando ao máximo as atrações.

E você? Tem algo a mais para acrescentar no Guia dos parques Disney – Epcot? Comente aqui!

Planeje sua viagem:

Encontre seu Hotel em Orlando no Booking.com

Garanta seu Seguro Viagem com desconto pela Mondial Travel